Obrigatoriedade de uso do PJeCalc é adiada para Julho de 2020

November 7, 2019

Apesar do adiamento a sugestão continua a mesma: preparação prévia para não ser surpreendido

 

Foi publicada ontem (06) notícia no site da OAB nacional que informa eventual acordo conseguido junto ao CSJT a fim de que a obrigatoriedade de uso da ferramenta de cálculos trabalhistas PJe-Calc fosse adiada de 01.Jan.2020 para Jul.2020.

 

Até a edição da presente publicação (07) não havia no site do CSJT qualquer nova resolução a respeito de tal matéria mas a expectativa é que ela seja editada nos próximos dias.

 

Apesar do adiamento a sugestão continua a mesma para advogados, calculistas e peritos: prepara-se com antecedência para evitar surpresas e problemas! Lembrando ainda que, mesmo com a eventual nova resolução do CSJT, vários TRT's pelo Brasil já padronizaram o uso do PJe-Calc em suas secretaria e a expectativa é que mesmo com o adiamento o uso de tal sistema continue "obrigatório" em tais Tribunais.

 

Segue abaixo íntegra da notícia publicada no site da OAB Nacional:

 

A atuação da OAB junto ao Conselho Superior da Justiça do Trabalho e ao Comitê Gestor Nacional do Sistema Pje permitiu o adiamento por seis meses da obrigatoriedade do uso do PJe-Calc pelos advogados, que teriam que utilizar o exclusivamente o sistema a partir de janeiro de 2020. O prazo foi ampliado para julho de 2020.

O presidente do Tribunal Superior do Trabalho, João Batista Brito Pereira, acolheu parcialmente o pedido feito pela representante do Conselho Federal da Ordem no Comitê Gestor, Tamíride Monteiro Leite, e editou uma nova resolução para adiar o prazo por seis meses.

“Mesmo com a vitória parcial, a OAB não vai desistir de lutar pelo fim da obrigatoriedade de utilização do PJe-Calc. Teremos mais seis meses para atuar contra esse sistema. A nossa posição é de que o Conselho da Justiça Superior do Trabalho não pode legislar sobre matéria processual e os advogados não podem ser obrigados a atuar como contadores e utilizar o PJe-Calc”, afirma Tamíride.

Em julho deste ano, a OAB já havia encaminhado um ofício ao Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT) solicitando a suspensão da obrigatoriedade do uso do sistema PJe-Calc para apresentação de cálculos trabalhistas e a vedação do uso de PDF e HTML para essa finalidade.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Veja como contratar um novo serviço de cálculo não trabalhista pela loja on line do Grupo QUALICONT

September 24, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes