O que é?

O PASEP (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) foi criado em 1970 por meio da Lei Complementar 08, de 1970. Ele tem a mesma função do PIS só que voltado a servidores públicos.
 
Quem já recebeu ou conhece alguém que já sacou valores a título de PASEP sabe o quanto são ínfimos os valores recebidos. Atualmente se descobriu que os valores baixos pagos se devem a erros nas correções das cotas e isso criou oportunidade e jusrisprudência para recálculo das contas em esfera judicial.
 
Tendo em vista a grande demanda a nível nacional para esse tipo de cálculo o Grupo QUALICONT criou grupo de trabalho específico para tal serviço e passou a praticar honorários ultra competitivos: apenas R$ 400,00 em até 3x sem juros nos cartões de crédito.
Veja abaixo passo a passo sobre o assunto escrito por Dr. Augusto Leitão, Sócio da Augusto Leitão Advocacia, Consultoria e Assessoria:
Qual a finalidade do PASEP antes de 1988?

A criação do PASEP, desde 1970, até 1988, se propôs oportunizar que os Servidores Públicos e Militares pudessem participar das receitas da União Federal e com isso conseguissem formar o seu patrimônio. Os depósitos do PASEP eram feitos pela União Federal em uma conta individual do servidor ou do militar no Banco do Brasil. É o que chamamos de cotas de PASEP.
 
Qual finalidade passou a ter o PASEP depois de 1988?
 
Com a Constituição de 1988, tanto o PASEP como o PIS continuaram existindo, entretanto, sua finalidade mudou sensivelmente.

O PASEP passou a integrar o Fundo de Amparo ao Trabalhador – FAT, para custear o pagamento do seguro-desemprego e do abono salarial, para que os recursos fossem utilizados pelas instituições financeiras nas linhas de crédito do FAT.
 
O que as Instituições Financeiras fizeram, para ensejar esse tipo de reparação?
 
Ocorre que há casos que a União Federal não depositou adequadamente esses valores, há outros casos que o Banco do Brasil, ao utilizar esses recursos das contas individuais de PASEP em operações financeiras lucrativas, deveria ter depositado parte desses rendimentos aos Servidores e Militares nas contas individuais, e não o fez. Além disso, esses valores foram corrigidos utilizando índices inferiores àqueles descritos na Lei, e, em casos mais graves, houve saques nas contas individuais sem a restituição dos valores.

Quem tem direito à reparação?

As decisões favoráveis que vimos até hoje são de pessoas que ingressaram para o serviço público antes de 18 de agosto de 1988 e que tenham sacado o benefício há menos de 05 (cinco) anos, ou não tenham tido a oportunidade de sacar nos últimos 05 (cinco) anos, e que tenham registro no PASEP. São eles:
a) Militares das Forças Armadas;
b) Militares Estaduais (PM, Bombeiros e Brigada Militar);
c) Servidores Públicos Federais;
d) Servidores Públicos Estaduais e Municipais;
e) Empregados Públicos;
f) Sucessores de Servidores ou Militares que nunca sacaram o PASEP em vida e faleceram há menos de 05 anos.

 
Qual o objeto da reparação?
 
O objeto da reparação são todos os valores depositados a título de PASEP, anteriores a 1988, as chamadas cotas de PASEP, que deixaram de ser corretamente corrigidas ou que sofreram descontos indevidos pelas instituições financeiras, devidamente atualizados.

Quais documentos são necessários?
 
a) Extratos de PASEP posteriores a 1999
b) Extratos de PASEP microfilmados (anteriores a 1999)
c) Cópia de declaração do órgão onde se aposentou, declarando a data que ingressou no serviço público e a data da sua aposentadoria, reforma ou reserva;
d) Cópia de Contracheque Atualizado.

 
Como proceder?
 
A primeira providência é dirigir-se a qualquer agência do Banco do Brasil e pedir os extratos referentes aos valores depositados a título de PASEP.

O Banco do Brasil disponibiliza no mesmo dia os extratos posteriores ao ano de 1999, que é a data disponível em sua base de dados.

Para períodos anteriores a 1999 (desde a data do ingresso 1983, 1984, 1985) é preciso fazer um requerimento dos extratos de PASEP microfilmados. Esses extratos são entregues em aproximadamente 30 (trinta) dias.
 
Importante!
 
Antes, somente poderia sacar o PASEP quem se enquadrava em hipóteses bem específicas da Lei Complementar, tais como:
a) Aposentadoria;
b) Casamento (deixou de ser possível com a Constituição de 1988);
c) Invalidez;
d) Doença Grave listada na Lei Complementar nº 8/1970;
e) Morte.
Com o advento de Medidas Provisórias recentes de novas Leis, em especial a MP 813/2017 e a Lei nº 13.677, de 2018, foram sendo criadas novas hipóteses tais como para maiores de 60 (sessenta) anos (se mulher) e 65 (sessenta e cinco) anos (se homem) e hoje TODOS OS SERVIDORES E MILITARES podem sacar valores depositados de PASEP, independentemente de estarem nas condições elencadas pela Lei Complementar.
 

Motivos para ser cliente

Multiplicidade de Serviços

Eis um dos maiores diferenciais do Grupo QUALICONT: a realização de qualquer serviço de cálculo judicial ou extra judicial. Nossa equipe é preparada e tem credenciais para atuar desde a liquidação de sentenças trabalhistas no PJe-Calc até assistência técnica em perícias contábeis. Como sempre falamos "fazer qualquer serviço que envolva números e Justiça!"

Saiba +

Tecnologia
Fomos a primeira empresa de Cálculos do Brasil a disponibilizar área exclusiva de clientes para pedidos de novos serviços e download de serviços concluídos.
Somos a primeira empresa de Cálculos do Brasil a disponibilizar loja on line para serviços de cálculos trabalhistas com possibilidade de pagamento via cartões de crédito.
Investimos em tecnologia de ponta mas sem esquecer nossa missão que é fazer cálculos com qualidade, preços justos e prazos compatíveis.
Mas sem dúvida fazer tudo de qualquer lugar é muito melhor...
 

Valores e documentos necessários

CÁLCULOS DE REVISÃO PASEP
RECEBA ATÉ O TRIPLO DO QUE EXISTE NA CONTA!
clique e veja valor dos honorários e documentos necessários
01.jpg
 
 

Quer saber mais?

Para contratar o serviço ou sanar dúvidas complementares entre em contato conosco através dos canais abaixo:
Peça um orçamento sem compromisso através dos seguintes canais:
E-mail: calculos@qualicont.com.br
Telefones: (21) 3553.1223 
WhatsApp: (21) 96956.9036