Veja simulação de efeitos econômicos do novo método de atualização da JT definido pelo STF

Técnicos do Grupo QUALICONT fizeram simulação simples demonstrando a diferença de como é hoje e como será


Os efeitos e abrangências do novo método de atualização dos processos trabalhistas definidos pelo STF em 18/12/2020 ainda estão causando bastante turbulências e dúvidas na parte conceitual (clique aqui para saber detalhes da mudança).


Para auxiliar Advogados e operadores a entender qual o resultado prático da mudança, técnicos do Grupo QUALICONT fizeram uma simulação bem simples (com uma verba apenas) que deixa claro o antes e depois. Os dados de simulação utilizados são:


- Data de Ajuizamento: 15/02/2018

- Data de Citação: 20/04/2018

- Competência da verba: 10/07/2017

- Valor histórico da verba: R$ 20.000,00

- Valor atualizado até: 20/12/2020


PASSO 01 - atualização conforme regras antigas (TR + juros de mora 1% AM simples desde o ajuizamento)


10/07/2017 | R$ 20.000,00 | TR acumulada entre 10/07/2017 e 20/12/2020 (1,001132317107) | Juros 1% AM de 15/02/2018 a 20/12/2020 (34,34%)

Valor atualizado >> R$ 20.000,00 x 1,001132317107 x (1+ 34,34%) = R$ 26.898,42



PASSO 03 - atualização conforme novas regras STF (IPCA-E + juros de mora 1% AM até citação e SELIC após)


10/07/2017 | R$ 20.000,00 | IPCA-E acumulado entre 10/07/2017 e 20/04/2018 (2,4559%) | Juros 1% AM de 15/02/2018 a 20/04/2018 (2,11%) | Selic acumulada entre 21/04/2018 e 20/12/2020 (1,13579282922077)

Valor atualizado >> R$ 20.000,00 x (1 + 2,4559%) x (1+ 2,11%) x 1,13579282922077 = R$ 23.764,81


RESULTADO: diferença negativa de 11,65% entre um método e outro


ATENÇÃO! O Grupo QUALICONT abriu agenda de serviço específica para recálculo manual da atualizações em processos de acordo com os novos métodos (tendo em vista nem a tabela de correção do CSJT nem o PJe Calc estarem ainda parametrizados para a utilização do índice híbrido definido pelo STF). CLIQUE AQUI e saiba mais detalhes.

Posts Em Destaque